Cidades

Coimbra monumental

Edição 55 — 09.05.2022 • 22.05.2022
Museu da Ciência da Universidade de Coimbra

Nunca percebemos por que motivo o célebre fado da cidade diz que Coimbra tem mais encanto na hora da despedida. É exactamente o oposto. Enquanto nos aproximamos desta cidade encantadora debruçada sobre o Mondego, é possível sentir a História em todo o seu esplendor indizível.

A Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra, a Alta e a Sofia foram classificadas Património da Humanidade pela UNESCO. Nas palavras do Reitor da prestigiada Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva:"a decisão da UNESCO sublinha o valor universal da cultura e da língua portuguesas, assim como o papel determinante de Portugal na formação do mundo, como o conhecemos." Coimbra torna-se, assim, o 15º local em Portugal, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO.

Situada numa colina com vista para a cidade, a Universidade de Coimbra, com suas faculdades cresceu e evoluiu ao longo de mais de sete séculos dentro da cidade velha. Edifícios universitários notáveis ​​incluem a catedral de Santa Cruz do século XII e um número de faculdades do século XVI, o Paço Real da Alcáçova, que passou a abrigar a Universidade desde 1537, a Biblioteca Joanina, com a sua rica decoração barroca, o Jardim Botânico e a Imprensa da Universidade do século XVIII, bem como a grande "Cidade Universitária", criado na década de 1940.

Biblioteca Joanina

Quando num só espaço se reúnem um tesouro literário de valor incalculável e a opulência da arquitectura e das artes do início do século XVIII, o resultado é uma das mais espectaculares e originais bibliotecas barrocas europeias.

Na Biblioteca Joanina descobrem-se mundos dentro de mundos; aqui, tudo é saber, e a arte convida à descoberta. Os milhares de obras que compõem a biblioteca repousam num espaço opulento de beleza e exotismo, onde a riqueza dos tectos pintados se harmoniza com as balaustradas e estantes fabricadas com folha de ouro e madeiras dos trópicos. Aprecie a erudição das preciosidades encadernadas que aqui são resguardadas pela magnificência do barroco joanino.

Não perca a oportunidade de visitar a Sala dos Capelos, a sala principal da Universidade de Coimbra, e a Capela de São Miguel, uma pérola do estilo manuelino.

Museu Nacional Machado de Castro

O Museu Nacional Machado de Castro é um ícone da cidade de Coimbra que, após um longo período de renovação, abriu as portas de todos os seus espaços expositivos ao público.

O grande pátio, dominado pela loggia quinhentista que exerce uma grande atração sobre quem passa neste ponto da cidade, é um exemplo impressivo de sobrevivência da carga simbólica de um lugar. Ele foi centro administrativo, político e religioso na época romana, foi templo cristão, pelo menos desde o séc. XI, paço episcopal a partir da segunda metade do séc. XII, museu desde 1911. É, por isso, um dos lugares mais complexos e aliciantes da cidade.

Sé Velha

Fundada durante o reinado de Afonso Henriques, a Sé Velha de Coimbra representa, na sua monumentalidade, a grandeza austera da arquitectura românica. Considerada uma jóia do Românico português, é a única catedral portuguesa construída na época da Reconquista cuja estrutura chegou intacta até à actualidade.

Vale a pena atravessar o magnífico portal, que lembra a entrada de uma fortaleza, e descobrir o interior, onde a pedra construiu um espaço imponente marcado pela alternância de luz e sombras, levando-nos por entre colunas maciças e delicados capitéis repletos de folhas e figuras de animais.

Museu da Ciência da Universidade de Coimbra

O Museu da Ciência da Universidade de Coimbra é um museu interactivo que pretende proporcionar aos visitantes de todas as idades um ambiente de entretenimento para, assim, descobrir a ciência. O Museu apresenta as colecções da Universidade de objectos científicos e de instrumentos, assim como diversas exposições interessantes e experiências hands-on. A suas exposições temporárias, as visitas guiadas, os workshops e as reuniões informais tornaram-se muito conhecidos e populares entre o público.

No dia 18 de Maio, o novo Gabinete das Curiosidades irá abrir as suas portas no Colégio de Jesus. Trata-se de uma recriação realista de um gabinete de curiosidades do século XVIII, apresentando "o mundo inteiro num só local". Um lugar que vibra de exotismo num universo quase mágico.

Jardim Botânico da Universidade de Coimbra

O Jardim Botânico ocupa uma parte considerável dos fundamentos do Colégio de São Bento, que havia sido entregue à Universidade de Coimbra, passando por uma grande remodelação que data do tempo das reformas pombalinas (1774).

Em 1854, o engenheiro Pezerat apresentou seu projeto para uma estufa (que ainda existe), marcando um avanço tecnológico no uso de ferro e vidro na arquitetura em Coimbra. Este edifício foi concluído em 1865. As obras, realizadas entre 1944 e 1949, envolveu a adição de uma fonte na praça central, bancos de pedra, uma estufa fria e a renovação das vias entre as várias seções do jardim e da área arborizada.

Anozero - Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra
Diana Policarpo examina politicas de género, estruturas económicas, saúde, relações interespécies, através de uma investigação especulativa transdisciplinar. «Visions of Excess» é um poema sonoro imersivo que explora a figura da Deusa em vários rituais, símbolos alternativos e estruturas mitológicas. Se, por um lado, este se apropria da Estufa Fria, por outro, contamina-a, transformando-a temporariamente num espaço que desafia e mina os sistemas patriarcais de opressões.

Convento de Santa Clara-a-Nova

Enquanto em Coimbra, deve visitar o Convento de Santa Clara-a-Nova, onde se encontra o túmulo da Santa Rainha, Isabel de Aragão, a Santa Padroeira de Coimbra. O túmulo foi esculpido em 1330 pelo Mestre Pêro num único bloco de pedra calcária. A representação de Santiago de Compostela, que pode ser encontrada num dos nichos, assim como o bastão do peregrino e a bolsa de esmolas, esculpida na estátua deitada, testemunham o seu papel de Peregrina de Santiago de Compostela.

As Festas da Rainha Santa têm lugar em Julho, em anos pares. São o maior sinal de devoção da cidade para com a sua Santa Padroeira. A Rainha Isabel de Aragão, casada com o Rei D. Dinis, dedicou a sua vida a ajudar pessoas pobres e também a realizar milagres. O milagre mais famoso ficou conhecido como o "milagre da rosa". Quando perguntada pelo Rei D. Dinis o que trazia no colo, ela disse "Rosas, Senhor". Mas ela carregava pão para distribuir aos pobres. Ela alegadamente transformou o pão em rosas. É por isso que durante as Festas da Rainha Santa, há pétalas de rosa a voar, numa bela homenagem ao seu papel de grande benfeitora.

Anozero - Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra
Visitas mediadas por @jorge.cabrera.art que envolvem a história do lugar, o eixo de curadoria e as obras da exposição do Anozero'21-22 no Mosteiro de Santa Clara-a-Nova. Todos os Sábados às 15:00, sem necessidade de agendamento.

Partilhe esta página
Comece a escrever para obter resultados
Edição 67
21.11.2022 • 04.12.2022
Edição 66
07.11.2022 • 20.11.2022
Edição 65
24.10.2022 • 06.11.2022
Edição 64
10.10.2022 • 23.10.2022
Edição 63
29.08.2022 • 11.09.2022
Edição 62
15.08.2022 • 28.08.2022
Edição 61
01.08.2022 • 14.08.2022
Edição 60
18.07.2022 • 31.07.2022
Edição 59
04.07.2022 • 17.07.2022
Edição 58
20.06.2022 • 03.07.2022
Edição 57
06.06.2022 • 19.06.2022
Edição 56
23.05.2022 • 05.06.2022
Edição 55
09.05.2022 • 22.05.2022
Edição 54
25.04.2022 • 08.05.2022
Edição 53
11.04.2022 • 24.04.2022
Edição 52
28.03.2022 • 10.04.2022
Edição 51
21.03.2022 • 27.03.2022
Edição 50
07.03.2022 • 13.03.2022
Edição 49
28.02.2022 • 06.03.2022
Edição 48
21.02.2022 • 27.02.2022
Edição 47
14.02.2022 • 20.02.2022
Edition 46
07.02.2022 • 13.02.2022
Edição 45
31.01.2022 • 06.02.2022
Edição 44
24.01.2022 • 30.01.2022
Edição 43
17.01.2022 • 23.01.2022
Edição 42
10.01.2022 • 16.01.2022
Edição 41
27.12.2021 • 02.01.2022
Edição 40
20.12.2021 • 26.12.2021
Edição 39
13.12.2021 • 19.12.2021
Edição 38
06.12.2021 • 12.12.2021
Edição 37
29.11.2021 • 05.12.2021
Edição 36
15.11.2021 • 21.11.2021
Edition 35
08.11.2021 • 14.11.2021
Edition 34
25.10.2021 • 31.10.2021
Edição 33
18.10.2021 • 24.10.2021
Edição 32
11.10.2021 • 17.10.2021
Edição 31
04.10.2021 • 10.10.2021
Edição 30
27.09.2021 • 03.10.2021
Edição 29
20.09.2021 • 26.09.2021
Edição 28
13.09.2021 • 19.09.2021
Edição 27
30.08.2021 • 05.09.2021
Edição 26
23.08.2021 • 29.08.2021
Edição 25
16.08.2021 • 22.08.2021
Edição 24
09.08.2021 • 15.08.2021
Edição 23
02.08.2021 • 08.08.2021
Edição 22
26.07.2021 • 01.08.2021
Edição 21
19.07.2021 • 25.07.2021
Edição 20
12.07.2021 • 18.07.2021
Edição 19
05.07.2021 • 11.07.2021
Edição 18
28.06.2021 • 04.07.2021
Edição 17
21.06.2021 • 27.06.2021
Edição 16
14.06.2021 • 20.06.2021
Edição 15
07.06.2021 • 13.06.2021
Edição 14
31.05.2021 • 06.06.2021
Edição 13
24.05.2021 • 30.05.2021
Edição 12
17.05.2021 • 23.05.2021
Edição 11
10.05.2021 • 16.05.2021
Edição 10
03.05.2021 • 09.05.2021
Edição 9
26.04.2021 • 02.05.2021
Edição 8
19.04.2021 • 25.04.2021
Edição 7
12.04.2021 • 18.04.2021
Edição 6
05.04.2021 • 11.04.2021
Edição 5
29.03.2021 • 04.04.2021
Edição 4
22.03.2021 • 28.03.2021
Edição 3
15.03.2021 • 21.03.2021
Edição 2
08.03.2021 • 14.03.2021
Edição 1
01.03.2021 • 07.03.2021