Cidades

48 horas na Nazaré

Edição 60 — 18.07.2022 • 31.07.2022
Nazaré

A outrora vila piscatória da Nazaré, um destino de férias muito popular em Portugal, tornou-se um fenómeno mundial, após o efeito McNamara. No dia 1 de Novembro de 2011, o surfista hawaiano Garrett McNamara surfou uma onda com 23,77 metros no ZON North Canyon Show na Praia do Norte, na nazaré. Desde então, a Nazaré, ou como os surfistas dizem, "Naza", atraiu a atenção do mundo. Mas Nazaré é mais do que as suas ondas gigantes. Trata-se de um destino profundamente fascinante com inúmeros segredos para desvendar.

As origens da Nazaré

A Nazaré tem origens ancestrais e profundamente interessantes que nos ajudam a compreender o espírito do lugar e a sua identidade única. A praia da Nazaré era, no passado, uma lagoa muito rica em peixe. Na verdade, esta lagoa data da era Paleolítica e Neolítica, descrita como "um tranquilo curso de água".

Desta forma, as comunidades começaram a fixar-se nas margens da lagoa, mas foi apenas no século XII que passou a designar-se Lagoa da Pederneira. Foi desde tempos imemoriais um local de pescadores e de marinheiros, assim como ponto de construção de embarcações. Localizada na região de Alcobaça, a Pederneira era a vila mais próspera e mais populosa das terras de Cister, possuindo um hospital, um estaleiro, residenciais, tabernas, açougues e uma feira de cereais.

No final do século XIV, à medida que a nova praia da Nazaré - Sítio da Nazaré - se desenvolvia, como resultado do assoreamento da lagoa, a população da Lagoa da Pederneira reduziu significativamente. O Sítio da Nazaré localiza-se no ponto mais elevado e mais dramático do promontório. A ermida da Memória situa-se nesta zona. Foi encontrada uma imagem de Nossa Senhora dentro de uma pequena gruta, em 1182, que se dizia ser proveniente da Nazaré, na Galileia.

As primeiras casas dos pescadores começaram a ser erigidas sob o promontório em frente ao mar. Em 1780, existiam já 58 casas térreas. Este local passou, assim, a designar-se desde então Nazaré.

Muitos séculos depois, no início do século XX, a praia da Nazaré tornou-se um atractivo destino de férias. Os glamorosos Grand Hotel Club e o Casino-Hotel abriram as suas portas no Sítio.

Com o passar das décadas, a Nazaré transformou-se num estância balnear de eleição em Portugal, assim como um destino turístico consolidado

Bastou uma onda

O canhão da Nazaré é um intrigante fenómeno geológico com 5000 metros de profundidade e uma extensão de 230 km. É a causa das ondas incrivelmente gigantescas que atraem os melhores surfistas do mundo. A época das ondas gigantes começa em Novembro e termina em Fevereiro.

Desde 2011, o Big Wave Challenge na Praia do Norte cativou a atenção do mundo e a Nazaré converteu-se num destino de surf de renome mundial. Mas só para os mais destemidos!

A outrora vila piscatória da Nazaré converteu-se num ponto de paragem obrigatória da cena do surf mundial!

Para além das ondas

Mas a Nazaré não se faz apenas de ondas de cortar a respiração. Na verdade, a Nazaré é uma cidade encantadora de pescadores e uma estância de veraneio repleta de cor, onde se sente a enorme importância da tradição. A Nazaré cresceu de uma forma bastante sustentável ao longo dos anos, fazendo jus ao património comum e à memória histórica.

Uma das imagens mais marcantes da Nazaré são os carapaus a secar ao sol. Ou os seus belíssimos barcos fervendo de cores e de mensagens sobre a vida. Ou as simpáticas mulheres, envergando as 7 saias, a vender frutos secos e a falar a plenos pulmões. Como se o tempo tivesse ficado suspenso. Tal como as mulheres vestidas de negro, nos idos de 1955, brilhantemente retratadas pela lente do exímio fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson. São elas a alma do local.

A gastronomia local é soberba, com especial destaque para as especialidades de marisco ou de peixe, como, por exemplo, as caldeiradas de peixe ou o peixe seco, absolutamente obrigatório na Nazaré !

A melhor vista sobre a Nazaré obtém-se a partir do Sítio, acessível através de funicular. É o ponto ideal para contemplar esta deslumbrante cidade costeira, enquanto sente o vento no rosto. O mar como nunca o viu antes.

Bem-vindo à Nazaré, um destino cuja população generosa faz sentir os seus visitantes, como se estivessem em casa

Distâncias
A partir dos aeroportos portugueses
🚗 Aeroporto LIS ➔ Nazaré - 117 km
🚗 Aeroporto OPO ➔ Nazaré - 226 km

A partir de Espanha
🚗
Salamanca ➔ Nazaré - 419 km
🚗 Ourense ➔ Nazaré - 421 km
🚗 Vigo ➔ Nazaré - 361 km
🚗 Valladolid ➔ Nazaré - 538 km
🚗 Madrid ➔ Nazaré - 581 km

Partilhe esta página
Comece a escrever para obter resultados
Edição 67
21.11.2022 • 04.12.2022
Edição 66
07.11.2022 • 20.11.2022
Edição 65
24.10.2022 • 06.11.2022
Edição 64
10.10.2022 • 23.10.2022
Edição 63
29.08.2022 • 11.09.2022
Edição 62
15.08.2022 • 28.08.2022
Edição 61
01.08.2022 • 14.08.2022
Edição 60
18.07.2022 • 31.07.2022
Edição 59
04.07.2022 • 17.07.2022
Edição 58
20.06.2022 • 03.07.2022
Edição 57
06.06.2022 • 19.06.2022
Edição 56
23.05.2022 • 05.06.2022
Edição 55
09.05.2022 • 22.05.2022
Edição 54
25.04.2022 • 08.05.2022
Edição 53
11.04.2022 • 24.04.2022
Edição 52
28.03.2022 • 10.04.2022
Edição 51
21.03.2022 • 27.03.2022
Edição 50
07.03.2022 • 13.03.2022
Edição 49
28.02.2022 • 06.03.2022
Edição 48
21.02.2022 • 27.02.2022
Edição 47
14.02.2022 • 20.02.2022
Edition 46
07.02.2022 • 13.02.2022
Edição 45
31.01.2022 • 06.02.2022
Edição 44
24.01.2022 • 30.01.2022
Edição 43
17.01.2022 • 23.01.2022
Edição 42
10.01.2022 • 16.01.2022
Edição 41
27.12.2021 • 02.01.2022
Edição 40
20.12.2021 • 26.12.2021
Edição 39
13.12.2021 • 19.12.2021
Edição 38
06.12.2021 • 12.12.2021
Edição 37
29.11.2021 • 05.12.2021
Edição 36
15.11.2021 • 21.11.2021
Edition 35
08.11.2021 • 14.11.2021
Edition 34
25.10.2021 • 31.10.2021
Edição 33
18.10.2021 • 24.10.2021
Edição 32
11.10.2021 • 17.10.2021
Edição 31
04.10.2021 • 10.10.2021
Edição 30
27.09.2021 • 03.10.2021
Edição 29
20.09.2021 • 26.09.2021
Edição 28
13.09.2021 • 19.09.2021
Edição 27
30.08.2021 • 05.09.2021
Edição 26
23.08.2021 • 29.08.2021
Edição 25
16.08.2021 • 22.08.2021
Edição 24
09.08.2021 • 15.08.2021
Edição 23
02.08.2021 • 08.08.2021
Edição 22
26.07.2021 • 01.08.2021
Edição 21
19.07.2021 • 25.07.2021
Edição 20
12.07.2021 • 18.07.2021
Edição 19
05.07.2021 • 11.07.2021
Edição 18
28.06.2021 • 04.07.2021
Edição 17
21.06.2021 • 27.06.2021
Edição 16
14.06.2021 • 20.06.2021
Edição 15
07.06.2021 • 13.06.2021
Edição 14
31.05.2021 • 06.06.2021
Edição 13
24.05.2021 • 30.05.2021
Edição 12
17.05.2021 • 23.05.2021
Edição 11
10.05.2021 • 16.05.2021
Edição 10
03.05.2021 • 09.05.2021
Edição 9
26.04.2021 • 02.05.2021
Edição 8
19.04.2021 • 25.04.2021
Edição 7
12.04.2021 • 18.04.2021
Edição 6
05.04.2021 • 11.04.2021
Edição 5
29.03.2021 • 04.04.2021
Edição 4
22.03.2021 • 28.03.2021
Edição 3
15.03.2021 • 21.03.2021
Edição 2
08.03.2021 • 14.03.2021
Edição 1
01.03.2021 • 07.03.2021