Cidades

48 horas em Castelo Branco

Edição 59 — 04.07.2022 • 17.07.2022
Castelo Branco

Facilmente acessível por auto-estrada ou ligação ferroviária, a apenas 2 horas do Aeroporto de Lisboa, a cidade de Castelo Branco é uma joia preciosa do património histórico e cultural. Um local de jardins mágicos, génios da pintura e da escultura contemporâneas e bordados coloridos. No coração de uma natureza intocável e de paisagens infinitamente inspiradoras. Nas imediações de Castelo Branco, não deixe de explorar o impressionante Parque Natural do Tejo Internacional ou as Aldeias Históricas de Idanha-a-Velha e Monsanto. Uma verdadeira viagem no tempo!

Viagem no tempo

Da história de Castelo Branco antes da chegada dos Templários pouco se sabe. A fundação da urbe é atribuída aos Cavaleiros do Templo, que terão erigido o castelo e as muralhas entre 1214 e 1230.

O centro histórico da cidade preserva ainda memórias destes tempos medievais gravadas nas pedras das muralhas, mandadas ampliar mais tarde por D. Dinis. Com D. Manuel, Castelo Branco recebeu um novo foral, viu crescer a sua população e o espaço urbano da cidade. Ainda hoje as ruelas exibem, orgulhosas, casas quinhentistas decoradas em portas e janelas, símbolos da riqueza dos mercadores que aí habitaram.

Nos anos seguintes, Castelo Branco recebeu da Coroa o título de vila notável, e assistiu à construção de duas importantes igrejas cuja riqueza merece uma visita demorada, a Misericórdia e a Igreja de São Miguel, actual Sé Catedral. Mais tarde, D. Nuno de Noronha mandou construir o sumptuoso edifício do Paço Episcopal, símbolo da urbanidade e importância que, então, a terra tinha em termos nacionais.

Escrito no chão, nas paredes & com um toque de magia

A cidade de Castelo Branco apresenta aos seus visitantes exemplos notáveis da calçada portuguesa. Os elementos ornamentais presentes nos fantásticos bordados de Castelo Branco podem ser contemplados no chão das suas ruas. Se olhar para cima, não deixe de apreciar as pinturas inigualáveis de Cargaleiro, uma lenda viva da cultura portuguesa, cuja obra pode ser vista no Museu Cargaleiro, localizado no centro histórico de Castelo Branco. Tal como os delicados bordados, a história de Castelo Branco tece-se com mãos delicadas.

Um jardim mágico

Nenhuma visita a Castelo Branco está totalmente completa sem uma passagem pelo exuberante Jardim do Paço Episcopal que, rapidamente, se converteu num postal da cidade. Este é, decerto, um dos jardins mais fascinantes de toda a região Centro de Portugal !

Um exemplar extraordinário do estilo barroco, este jardim deslumbrante foi erigido no início do século XVIII e detém um formato rectangular. É dominado por balcões e varandas com guardas de ferro e balaústres de cantaria. Dispõe de cinco lagos, com bordos trabalhados, nos quais estão montados jogos de água.

A escadaria dos reis é especialmente impactante, com as estátuas em granito cronologicamente dispostas. Por outro lado, as estátuas dos reis que governaram Portugal sob a égide espanhola, no período compreendido entre 1580 e 1640, têm dimensões menores, relativamente aos outros monarcas.

O amplo Parque da Cidade - que cobre uma área de 18.153 metros quadrados - está conectado a este jardim. O Parque da Cidade, também conhecido como Jardim dos Loureiros, foi construído no início do século XX. É, sem sombra de dúvida, uma cidade verde!

O génio Cargaleiro

Na sua viagem a Castelo Branco, não deixe de visitar o Museu Cargaleiro, dedicado a um dos artistas maiores de Portugal. Nascido na região de Castelo Branco, nomeadamente em Vila Velha de Ródão, Manuel Cargaleiro provou ser um génio criativo da pintura e da cerâmica.

O museu alberga 2 edifícios: uma casa solarenga do século XVIII que inclui as obras de Cargaleiro, enquanto coleccionador, e um novo edifício de 3 pisos que apresenta as obras de Cargaleiro, o artista. Um museu a não perder!

De Castelo Branco com Amor

Feitos à mão, com Amor, os bordados de Castelo Branco são um verdadeiro símbolo da riqueza da História de Portugal, uma mescla das mais remotas influências. São, ao mesmo tempo, uma forma poderosa de entender a cidade de Castelo Branco e a sua identidade, bordada pelas mãos delicadas de mulheres dotadas.

O bordado de Castelo Branco é o exemplo por excelência do gosto pela representação naturalista. A flora diversificada é um tema recorrente. A representação da flora é muito vasta e de tal forma diversificada, que por vezes é difícil avaliar o seu significado, pois é profundamente estilizado e complexo, sugerindo ainda uma sobreposição de espécies.

Alojado num dos edifícios mais icónicos da cidade - a Domus Municipalis - o Centro de Interpretação do Bordado de Castelo Branco é, simultaneamente, um museu, uma loja e uma oficina-escola, onde os visitantes poderão observar todo o processo de elaboração dos bordados de Castelo Branco. Um local que homenageia esta tradição única de olhos postos no futuro.

Desenhando o futuro

Castelo Branco é uma cidade extremamente rica, no plano da herança cultural. É casa de inúmeros marcos inspiradores, como: o Castelo Templário, a Sé Catedral (antiga Igreja de São Miguel), o Cine-Teatro Avenida, desenhado nos anos 50 pelos arquitectos Raul César Caldeira e Albertino Crujeiro Galvão Roxo, o Museu Francisco Tavares Proença Júnior e o Museu Cargaleiro.

Mas esta é também uma cidade de olhos postos no futuro. O Centro de Cultura Contemporânea é uma enorme atracção de Castelo Branco. Desenhado pelo arquitecto de Barcelona Josep Lluis Mateo e pelo arquitecto português Carlos Reis de Figueiredo, este edifício de 4 andares apresenta as exposições mais desafiantes e é um local a não perder desta cidade acolhedora!

O Largo da Devesa, também desenhado pelo arquitecto catalão Josep Lluis Mateo, é o novo ponto de encontro da cidade. Um local deslumbrante onde os habitantes da cidade e os visitantes poderão encontrar cafés e lojas. O epicentro da movida da cidade.

A cultura desempenha um papel crucial em Castelo Branco. É por esse motivo que uma antiga fábrica têxtil foi transformada num incontronável centro de produção cultural. A Fábrica da Criatividade é o local onde se cruzam inúmeras expressões artísticas: teatro, dança, música, cinema, vídeo, televisão, design, artes gráficas, fotografia e arquitectura. Um centro poderoso de criação cultural!

Distâncias
Dos aeroportos portugueses
🚗 Aeroporto LIS➔ Castelo Branco - 218 km
🚗 Aeroporto OPO ➔ Castelo Branco - 270 km

De Espanha
🚗
Salamanca ➔ Castelo Branco - 249 km
🚗 Ourense ➔ Castelo Branco - 411 km
🚗 Vigo ➔ Castelo Branco - 405 km
🚗 Valladolid ➔ Castelo Branco - 368 km
🚗 Madrid ➔ Castelo Branco - 381 km

Partilhe esta página
Comece a escrever para obter resultados
Edição 67
21.11.2022 • 04.12.2022
Edição 66
07.11.2022 • 20.11.2022
Edição 65
24.10.2022 • 06.11.2022
Edição 64
10.10.2022 • 23.10.2022
Edição 63
29.08.2022 • 11.09.2022
Edição 62
15.08.2022 • 28.08.2022
Edição 61
01.08.2022 • 14.08.2022
Edição 60
18.07.2022 • 31.07.2022
Edição 59
04.07.2022 • 17.07.2022
Edição 58
20.06.2022 • 03.07.2022
Edição 57
06.06.2022 • 19.06.2022
Edição 56
23.05.2022 • 05.06.2022
Edição 55
09.05.2022 • 22.05.2022
Edição 54
25.04.2022 • 08.05.2022
Edição 53
11.04.2022 • 24.04.2022
Edição 52
28.03.2022 • 10.04.2022
Edição 51
21.03.2022 • 27.03.2022
Edição 50
07.03.2022 • 13.03.2022
Edição 49
28.02.2022 • 06.03.2022
Edição 48
21.02.2022 • 27.02.2022
Edição 47
14.02.2022 • 20.02.2022
Edition 46
07.02.2022 • 13.02.2022
Edição 45
31.01.2022 • 06.02.2022
Edição 44
24.01.2022 • 30.01.2022
Edição 43
17.01.2022 • 23.01.2022
Edição 42
10.01.2022 • 16.01.2022
Edição 41
27.12.2021 • 02.01.2022
Edição 40
20.12.2021 • 26.12.2021
Edição 39
13.12.2021 • 19.12.2021
Edição 38
06.12.2021 • 12.12.2021
Edição 37
29.11.2021 • 05.12.2021
Edição 36
15.11.2021 • 21.11.2021
Edition 35
08.11.2021 • 14.11.2021
Edition 34
25.10.2021 • 31.10.2021
Edição 33
18.10.2021 • 24.10.2021
Edição 32
11.10.2021 • 17.10.2021
Edição 31
04.10.2021 • 10.10.2021
Edição 30
27.09.2021 • 03.10.2021
Edição 29
20.09.2021 • 26.09.2021
Edição 28
13.09.2021 • 19.09.2021
Edição 27
30.08.2021 • 05.09.2021
Edição 26
23.08.2021 • 29.08.2021
Edição 25
16.08.2021 • 22.08.2021
Edição 24
09.08.2021 • 15.08.2021
Edição 23
02.08.2021 • 08.08.2021
Edição 22
26.07.2021 • 01.08.2021
Edição 21
19.07.2021 • 25.07.2021
Edição 20
12.07.2021 • 18.07.2021
Edição 19
05.07.2021 • 11.07.2021
Edição 18
28.06.2021 • 04.07.2021
Edição 17
21.06.2021 • 27.06.2021
Edição 16
14.06.2021 • 20.06.2021
Edição 15
07.06.2021 • 13.06.2021
Edição 14
31.05.2021 • 06.06.2021
Edição 13
24.05.2021 • 30.05.2021
Edição 12
17.05.2021 • 23.05.2021
Edição 11
10.05.2021 • 16.05.2021
Edição 10
03.05.2021 • 09.05.2021
Edição 9
26.04.2021 • 02.05.2021
Edição 8
19.04.2021 • 25.04.2021
Edição 7
12.04.2021 • 18.04.2021
Edição 6
05.04.2021 • 11.04.2021
Edição 5
29.03.2021 • 04.04.2021
Edição 4
22.03.2021 • 28.03.2021
Edição 3
15.03.2021 • 21.03.2021
Edição 2
08.03.2021 • 14.03.2021
Edição 1
01.03.2021 • 07.03.2021